Contra Santana - Encerrado a 10.03.2005

sexta-feira, julho 02, 2004

Duplipensar

Dois primeiros-ministros conduzem os seus partidos a derrotas eleitorais pesadas a meio do seu mandato.
Dois primeiros-ministros dizem ao país ter compreendido o sinal do eleitorado.
Dois primeiros-ministros abandonam o governo a meio da legislatura.
Um deles fá-lo porque não tem maioria e entende não ter condições de governabilidade, provoca eleições e abandona o exercício do poder.
O outro, apesar de dispor dessa maioria, opta por um cargo mais atractivo e com menos chatices (já recusado pelo primeiro e por mais meio mundo), e desencadeia uma confusa crise política.
Segundo uma tese dominante, o primeiro "fugiu". Já o segundo tomou uma decisão no interesse da nação.
Serei só eu que não vejo grande sentido nesta história?


 
FREE hit counter and Internet traffic statistics from freestats.com