Contra Santana - Encerrado a 10.03.2005

quinta-feira, julho 08, 2004

O nacional-bacoquismo revisitado

Incongruência, denuncia Vital Moreira, a propósito da intenção do PS de votar favoravelmente a indicação de "José Barroso" para a Comissão. Com toda a razão, e ao encontro do que aqui já tinhamos escrito.
É totalmente contraditório com o espírito europeu que se vote em alguém só com o argumento de ser português. Pelo contrário, a escolha deve recair sobre uma pessoa a quem se reconheça capacidade e partilha de causas comuns. A linha de fractura natural é, aí, a das famílias políticas. Como percebeu alías o PPE, ao recusar a indicação de qualquer socialista.
O raciocínio é também contraditório com o interesse português. Se cada país passar a votar nos seus próprios nacionais, com o peso que temos, havemos se nos safar muito bem!
Claro que, aqui, o PS está no buraco que ele próprio cavou, quando "exigiu" que o Governo apoiasse Vitorino. Fazendo aliás a triste figura de não ter depois convencido nenhum governo socialista a fazer o mesmo.


 
FREE hit counter and Internet traffic statistics from freestats.com