Contra Santana - Encerrado a 10.03.2005

sexta-feira, outubro 01, 2004

Cada um é para o que nasce

O nosso Comandante0 prefere marchar em direcção a Guimarães para, num puro exercício de masoquismo, ir ouvir toda a tralha guterrista debitar as tangas do costume e a fazer as mais que estafadas promessas de honestidade e devoção ao país quando chegarem ao poder - o mais tardar - em 2006.
Eu e o camarada de armas El Che preferimos os pregadores autênticos que não têm medo de berrar o politicamente incorrecto e, sobretudo, que não visam projectos pessoais de poder na política. Hoje à noite. No Le Son. Em Coimbra.
«é preciso é estilo!/não cansamos de dizer/num verniz de desdém que nos dá muito prazer/assumindo o deboche cada vez mais descarado/insurrectos em graça adorando o acto ousado/somos fãs da desbunda do deleite permanente/e assim passa o tempo e com ele nova gente» (Adolfo Luxúria Canibal/António Rafael)

1 Comments:

Enviar um comentário

<< Home


 
FREE hit counter and Internet traffic statistics from freestats.com