Contra Santana - Encerrado a 10.03.2005

domingo, novembro 28, 2004

Eles escreveram esta para Santana Lopes


A vaguear por entre as ruínas e o trânsito do fim da tarde
As pessoas apressavam-se por causa do cair da noite
E o pobre homem seguia um destino sem rumo
Arrastando o seu cadáver
E o pobre homem
Seguia um destino sem rumo
Arrastando o seu cadáver


[Adolfo Luxúria Canibal / António Rafael]

1 Comments:

  • Esqueceste-te de dizer que, com a recorrente inactividade do Lâmpada, esta parte também faz bastante sentido:
    «Ninguém dizia nada/O silêncio
    Acompanhava o olhar vazio/A dor».

    By Blogger Conchita Morales, at 11:03 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home


 
FREE hit counter and Internet traffic statistics from freestats.com