Contra Santana - Encerrado a 10.03.2005

quinta-feira, fevereiro 17, 2005

Et tu, Brute




Tive que ouvir duas vezes para ultrapassar a incredulidade. Paulo Portas a garantir, num comício, que com 10% de votos no CDS o PS não terá maioria absoluta e ficará apenas pela "maioria relativa". Mais uma facada nas costas de Santana: já nem o seu parceiro de coligação admite outro resultado que não seja a vitória do PS

Já agora, o argumento de Paulo Portas de que uma votação no PP acima de 10% impede uma impede uma maioria absoluta do PS é totalmente falso. A única coisa que se pode dizer é que os votos no PP prejudicam os partidos nos quais esses eleitores votariam em alternativa. Pobre Santana Lopes, que nem esta falácia do seu colega de coligação (?) pode denunciar.


 
FREE hit counter and Internet traffic statistics from freestats.com